Religiões de Mistérios: Cristianismo esotérico

Religiões de Mistérios: Cristianismo esotérico

As chamadas religiões de mistérios são na verdade correntes teológicas e doutrinárias existentes no plano da tradição religiosa cristã. Estas perspectivas religiosas de fundamento cristão defendem os princípios da reencarnação e da evolução espiritual.
O Gnosticismo constitui uma das mais reconhecidas expressões deste pensamento místico cristão, sendo que este assume-se como uma as vertentes esotéricas do Cristianismo.
As religiões de Mistérios, não se tratam de movimentos religiosos de massas, ou seja, não celebram o seu culto através de liturgias públicas e destinadas ao público em geral. Tratam-se ao contrário, de movimentos religiosos de natureza hermética e ocultista, que tendem a preservar em segredo os seus mistérios espirituais.
O cristianismo místico ou cristianismo esotérico, defende que a mensagem de Jesus Cristo consistiu precisamente nessa revelação espiritual, que apela o homem a caminhar no sentido das virtudes do amor e do altruísmo, como forma de progressão na escala evolutiva do espírito.
Esta visão, e todas as suas consequências, diferem substancialmente dos postulados teológicos tradicionais do cristianismo. A ortodoxia Cristã, afirma que Jesus é o salvador da humanidade, e que apenas em Jesus reside a salvação da alma e a conquista da vida eterna.
Algumas das visões do Cristianismo místico defendem ao contrário, que a mensagem de Jesus não afirma que Jesus Cristo apenas era a salvação, mas antes que aceitar e seguir as palavras de Jesus é que constitui  o caminho para salvação, sendo que essa salvação esta por isso dentro de cada um de nós e na nossa opção em seguir os ensinamentos de Jesus.
O cristianismo esotérico, também tende a aceitar os ensinamentos de textos apócrifos pré-cristãos, ( textos hebraicos ), ou seja, textos do Antigo Testamento que não foram incluídos no Cânone segundo o Concílio de Jâmnia (sec I d.C.)
fonte: Ribeirão Preto Online